SECRETARIA DE AGRICULTURA DE EUCLIDES DA CUNHA VAI A MONTE SANTO CONHECER PROJETO DE CAPRINOCULTURA LEITEIRA DESENVOLVIDO PELA COOPERSABOR

Hoje (10 de fevereiro) a COOPERSABOR recebeu a equipe da Secretaria de Agricultura de Euclides da Cunha. A visita teve como objetivo conhecer o Projeto de apoio à cadeia produtiva do Leite.
O projeto apoiado pelo Governo do Estado da Bahia através da CAR/SDR, atenderá agricultores familiares de Monte Santo e fortalecerá a cadeia produtiva do leite deste município. Além da implantação de apriscos, construção de cisternas e aquisição de reprodutores, o projeto conta também com a construção de um laticínio que está em fase de iniciação na comunidade de Tapera.
Durante o Intercâmbio, a equipe da Secretaria de Agricultura, buscou através da COOPERSABOR, conhecer melhor o projeto e a metodologia utilizada para que pudesse desenvolver a cadeia produtiva do leite naquele município, ou ainda de desenvolver parcerias de interesse mútuo.
As visitas foram realizadas na comunidade de Lagoa Redonda, na Comunidade de Tapera onde está sendo construído o laticínio, na Loja Monte Sabores e por último na sede da Coopersabor.
A visita encerrou com a degustação de produtos da agricultura familiar produzidos por empreendimentos da Economia Solidária filiados à COOPERSABOR e que são comercializados nas Lojas da rede Monte Sabores.

E QUEM DISSE QUE AGRICULTOR FICA DE FORA DAS MODERNIDADES?

E não é que participa? ainda mais agora com este negócio do “Coronga” querendo levar todo mundo. A Pandemia obrigou a todos e todas a adotarem uma nova rotina de vida e uma nova metodologia de trabalho, sem tempo para aprender, a gente vai na base do improviso e no final dá tudo certo.
Resultado: Ganha todo mundo.

A ARESOL continua prestando assistência técnica aos agricultores atendidos pelo próSemiárido, tomando todas as precauções necessárias, tem buscado envolver os mesmos às novas necessidades. Como as reuniões e encontros virtuais. Um exemplo é seu Almir Lima Carneiro Agricultor experimentador do Assentamento Sitio do Meio – integrante do Grupo de Interesse de caprinovinocultura do Projeto #PróSemiárido.

Na oportunidade, seu Almir participou virtualmente (por conta da pandemia) do NEACS: Núcleo de Estudo em Agroecologia e convivência com o Semiárido, trazendo suas experiências sobre escrituração zootecnica.

Assim se faz um semiárido vivo, forte, produtivo e próspero. Com participação presencial ou virtual, com seu Almir, e com toda a gente guerreira que em meio as dificuldades e as correrias da lida, sempre dão um jeitinho para aprender coisas novas e participar do que faz a vida por aqui ser um tanto melhor.

O Pró Semiárido é Um Projeto do Governo do Estado da Bahia executado através da SDR/CAR em parceria com a ARESOL nos municípios de Queimadas e Itiúba.
#Aqui_tem_modernidade
#Xô_Coronavirus
#Use_Máscaras

Ver menos

PROCESSAMENTO DO LEITE CABRA

Neste Sábado e domingo (28 e 29 de novembro), foi realizado em Monte Santo, o curso de Produção Artesanal de Queijos finos, requeijão cremoso e bebida láctea a partir do leite de Cabra. O curso, realizado pela COOPERSABOR, contou com apoio do SEBRAE e foi realizado com agricultores familiares de Monte Santo, produtores de cabras leiteiras e que são assistidos pelo Programa Bahia Produtiva – CAR/SDR-GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA.

A produção artesanal de queijo a partir do leite de cabra é uma importante estratégia de agregação de valor de um dos principais produtos da cadeia produtiva da caprinocultura de Monte Santo. Um dos maiores produtores de caprinos e ovinos do País.

“Foi um momento muito importante, para a gente estar melhorando nosso produto, agregando valor maior ao leite. A gente percebeu no olhar de cada agricultor presente, o quanto este curso foi importante. Cada beneficiário que produz o leite pode estar desenvolvendo estes produtos para consumo da família ou comercializar e melhorar a renda com a atividade leiteira”. José Reis – ACR do projeto

O curso vem ainda como forma de preparar agricultores familiares para a  nova estrutura do Laticínio que está sendo construído na comunidade de Tapera e que tem como objetivo processar a produção local para comercializar a nível regional, estadual e até nacional, queijos, iogurtes, bebidas lácteas, requeijão cremoso e leite de cabra, fortalecendo a agricultura familiar e a economia local a partir de uma das principais cadeias produtivas responsável pelo desenvolvimento da economia do município.

Encontro Regional sobre Cadernetas Agroecológicas📝🌵

O CESOL (Centro Publico de Economia Solidária) e o pró Semiárido. Projetos financiados pelo governo do estado da Bahia e executados pela ARESOL, realizaram nesta quarta feira (18) o Primeiro Encontro Regional sobre Cadernetas Agroecológicas.
Caderneta Agroecológica📝
A Caderneta Agroecológica, é uma importante ferramenta adotada pelas mulheres atendidas pelo Projeto pró Semiárido e funcionam como um instrumento simplificado para a mensuração da
produção das mulheres; sistematizar os resultados econômicos, monetários e não monetários, do trabalho das agricultoras familiares e camponesas; dar visibilidade à contribuição das agricultoras na manutenção da unidade produtiva, promovendo a agroecologia, a segurança alimentar e nutricional e a geração de renda.
A utilização das Cadernetas Agroecológicas tem garantido significativos resultados na quantificação da produção das mulheres agricultoras, contribuindo para valorização do seu trabalho, bem como para sua autoestima e empoderamento, garantindo relações de gênero igualitárias.
O encontro foi realizado em Monte Santo pela equipe técnica do CESOL e PróSemiárido com cerca de 30 mulheres agricultoras atendidas pelo CESOL Piemonte Norte do Itapicuru, Monte Santo, Itiúba, Cansanção e Nordestina.