Encontro Regional sobre Cadernetas Agroecológicas📝🌵

O CESOL (Centro Publico de Economia Solidária) e o pró Semiárido. Projetos financiados pelo governo do estado da Bahia e executados pela ARESOL, realizaram nesta quarta feira (18) o Primeiro Encontro Regional sobre Cadernetas Agroecológicas.
Caderneta Agroecológica📝
A Caderneta Agroecológica, é uma importante ferramenta adotada pelas mulheres atendidas pelo Projeto pró Semiárido e funcionam como um instrumento simplificado para a mensuração da
produção das mulheres; sistematizar os resultados econômicos, monetários e não monetários, do trabalho das agricultoras familiares e camponesas; dar visibilidade à contribuição das agricultoras na manutenção da unidade produtiva, promovendo a agroecologia, a segurança alimentar e nutricional e a geração de renda.
A utilização das Cadernetas Agroecológicas tem garantido significativos resultados na quantificação da produção das mulheres agricultoras, contribuindo para valorização do seu trabalho, bem como para sua autoestima e empoderamento, garantindo relações de gênero igualitárias.
O encontro foi realizado em Monte Santo pela equipe técnica do CESOL e PróSemiárido com cerca de 30 mulheres agricultoras atendidas pelo CESOL Piemonte Norte do Itapicuru, Monte Santo, Itiúba, Cansanção e Nordestina.

AQUI TEM ECONOMIA SOLIDÁRIA

ECONOMIA SOLIDÁRIA, é como se chama um modelo de produção alternativo ao modelo de produção tradicional.
Pautado pelos princípios da UNIAO, SOLIDARIEDADE, democracia, autogestão, sustentabilidade e valorização dos saberes e potencialidades locais, a Economia Solidária se organiza de diferentes formas, através de grupos, de associações, cooperativas etc, as quais se caracterizam como: EMPREENDIMENTOS ECONOMICOS SOLIDÁRIOS.
trata-se de grupos de pessoas que se organizam para produzirem juntas, e sem patrão nem empregados, gerar renda, sem perder de vista os princípios do cuidado, do bem estar e da valorização do ser humano a cima do capital.

FAÇA PARTE!🌵

Consumir produtos da Economia Solidária, é também se inserir nesta rede de produção alternativa, um modelo de produção que, além de gerar renda, quebra o ciclo do modelo de produção capitalista tradicional.

E ONDE ESTE POVO TÁ?🤔
No Território Piemonte Norte do Itapicuru, juntamente com os municípios de Itiúba, Cansanção, Nordestina e Monte Santo possuem quase 200 empreendimentos econômicos solidários. São milhares de pessoas que se organizaram para um novo jeito de pensar e fazer a economia.

Conheça os produtos da Economia Solidária. Conheça a história por trás de cada produto e faça parte da Rede revolucionária por uma economia que seja JUSTA, SOLIDÁRIA e a cima de tudo, SUSTENTÁVEL Continue reading

JUNTOS NO COMBATE AO CORONAVIRUS🌵🤜🤛

O CESOL – Centro Público de Economia Solidária, Programa da SETRE – Secretaria de Trabalho Emprego Renda e Esporte do Estado da Bahia, em parceria com a ARESOL – Associação Regional dos Grupos Solidários de Geração de renda, visando garantir a alimentação básica das famílias impactadas pela Pandemia de Covid-19, está distribuindo durante o mês de setembro, 1.200 cestas para famílias dos municípios de: Monte Santo, Itiúba, Filadélfia, Ponto Novo, Jaguarari, Senhor do Bonfim, Pindobaçu, Antônio Gonçalves, Andorinha e Caldeirão Grande. As cestas são compostas com produtos da economia solidária produzidos nos empreendimentos acompanhados pela SETRE através dos centros públicos de economia solidária.
Além da ARESOL, o CESOL Piemonte Norte do Itapicuru, conta com apoio de diversas organizações e entidades, destes diversos municípios que têm contribuído para mapear as famílias garantindo o acesso das mesmas às cestas básicas.
Além destas 1.200 cestas, outas 2.400 cestas serão entregues às famílias cadastradas.
Durante a Pandemia, além do trabalho remoto de assistência técnica aos empreendimentos de Economia Solidária, o CESOL também tem buscado estar atento às dificuldades enfrentadas pelas famílias do território de atuação nos diversos aspectos, principalmente no que se refere às necessidades básicas.
#JuntosSomos+
#TodoscontraoCoronavirus
#Façasuaparte
#Usemascaras
#Economia Solidaria
#CESOL
#SETRE
#GovernodaBahia

3.600 Cestas para 1.200 famílias impactadas pela pandemia

A ARESOL iniciou o cadastramento de 1.200 famílias para doação de 3.600 Cestas alimentícias com produtos oriundos da Economia Solidária.

A doação é resultado do Termo de Colaboração nº 011/2020 celebrado entre a SETRE e a ARESOL e beneficiará 1.200 famílias em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar.

A ação é mais uma forma do governo do estado, através do Centro Público de Economia Solidária, reduzir os danos causados pela restrição da mobilidade em função da Pandemia do Coronavírus.

A Ação também beneficiará membros de empreendimentos da Economia solidária que estão com processo de comercialização interrompidos.