Quilombo Lage do Antônio realiza ações em comemoração ao mês da Consciência Negra

 
“temos que buscar e mostrar nossa luta pela verdadeira liberdade”
 
A 9ª Edição da Comemoração da Consciência Negra do Quilombo Lages do Antônio, localizado no município de Monte Santo, distante 360 km da capital baiana, abordou uma série de ações em alusão ao mês da Consciência Negra, que é celebrado no dia 20 de novembro em todo país. As atividades foram realizadas neste sábado, 11 de novembro, na Sede do Quilombo.
O evento foi marcado por várias atividades e apresentações culturais e artísticas. Pela manhã, o Torneio de Futebol Feminino e Masculino, com equipes do Quilombo Lage do Antônio e a Escola Família Agrícola do Sertão (EFASE), abriu as comemorações. À tarde, a programação foi marcada por uma Roda de Conversa e debates sobre os Direitos Sociais da comunidade, Educação, Políticas Pública, Serviço Social e Juventude Negra Rural.
A roda de Conversa recebeu Elizeu Toletino da Silva, secretário municipal de Educação de Monte Santo; Elenice da Silva Pires, técnica de Referência do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil e coordenadora pedagógica do Serviço de Convivência e fortalecimento de vínculos de Monte Santo; Merildes Santos Silva, técnica do CRAS – Mandassaia; Ananias Nery Viana, coordenador do Núcleo de Desenvolvimento dos Quilombos do Território do Recôncavo; e Xande Revolution, coordenador do Departamento de Políticas de Promoção da Igualdade Racial de Conceição do Coité.
A noite, a comemoração ficou por conta do Reisado Itapicuru e Quilombo Lage do Antônio, que animou o grande público, e as apresentações de grupos de danças da comunidade.
De acordo com Maria Olívia Dantas, uma das organizadoras do evento, o objetivo é acender a reflexão e conhecimentos da cultura negra dentro do Quilombo.
“Pensamos em um momento de formação do nosso povo, para mostrar nossa cultura e inclusão da cultura de outras comunidades. Queremos conscientizar o nosso município e a nossa população de que o negro tem que lutar pelos seus direitos, lutar pelos seus ideais e lutar pela sua formação. Não podemos deixar nossa cultura e nosso povo ser esquecido. Os políticos não querem nos ouvir, não querem ouvir a sociedade. Somo brasileiros e temos que buscar e mostrar nossa luta pela verdadeira liberdade”, destacou, Maria Olivia.
A 9ª Comemoração da Consciência Negra foi organizada pela própria comunidade do Quilombo Lage do Antônio e recebeu o apoio da Associação Regional dos Grupos Solidários de Geração de Renda (Aresol), e do Centro Público de Economia Solidária do Piemonte Norte Itapicuru e Piemonte da Diamantina.
Comunicação Aresol – Monte Santo – Bahia – Brasil 
Bookmark the permalink.

Deixar uma resposta