CERVEJA DE LICURI EM MATÉRIA SOBRE CERVEJAS ARTESANAIS

Já são diversas e variadas as matérias dos periódicos, blogs e outros meios de comunicação, que despertaram curiosidade pela PRIMEIRA CERVEJA DE LICURI, distribuída e comercializada pela COOPERSABOR, com a marca MONTE SABORES.

Nesta última, o CORREIO DA BAHIA fez um recorte especial para as cervejas artesanais apresentadas durante a FEBAFES (Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária). Com destaque para o lançamento da BLOND ALE de LICURI.

Licuri não é coco, mas pode ser transformado em bebida. Cerveja, e das boas. É isso o que estão provando os produtores rurais da Cooperativa Coopersabor, Cooperativa de Produtores Rurais de Monte Santo, cidade a 350 quilômetros da capital baiana. Eles estão aproveitando o crescimento do consumo de cervejas artesanais no Brasil – e também no mundo – para agregar valor à produção da fruta típica do Caatinga e aumenta a receita dos cooperados. E não só eles. Outros sabores típicos do campo baiano, como o umbu e o cambuí, estão sendo transformados em cerveja, agradando paladares diversos e abrindo mercados para a agricultura familiar do estado.

A Coopersabor demorou um ano fazendo testes e experimentos. Eles conseguiram desenvolver uma bebida marcante e refrescante. O sabor harmoniza o malte com as caraterísticas típicas do licuri, comum em todo o Nordeste. “O licuri é uma palmeira típica da caatinga. Nós já produzimos doces, geleias, biscoitos, cosméticos e até azeite de licuri. Pensamos em criar outros produtos com maior potencial econômico, daí surgiu a cerveja”, afirma Farnésio Braz, técnico da Coopersabor.

Confiram a matéria completa, de Georgina Maynart, em:

https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cerveja-com-sabor-de-baianidade-produtores-usam-frutas-para-fabricar-bebida/

(Foto: André Frutuôso/Divulgação)

Bookmark the permalink.

Deixar uma resposta